Tiago Melo Manaus

Um incêndio de médias proporções tomou conta, na tarde desta quarta feira (26), de um terreno, de aproximadamente 300 metros quadrados, localizada próximo à subestação da Avenida Governador José Lindoso, popularmente conhecida como Avenida das Torres.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), o incêndio, que logo foi controlado por duas equipes da corporação, acionados por volta das 15h, parece ter sido resultado de um descarte irregular de entulho feito na principal via de ligamento entre as zonas norte e leste da cidade.

“Geralmente, esse tipo de incêndio é causado por pessoas que, não satisfeitas em jogar seu lixo em uma lixeira viciada, ainda fazem questão de colocar fogo. Com esse calor, a ação do vento e com essa vegetação seca, basta a fagulha de uma bituca de cigarro para começar um incêndio”, afirmou o sargento Marcelo, chefe da guarnição ABT-28.

Segundo ele, o incidente, que atingiu apenas a vegetação do terreno, não ocasionou em danos materiais e ninguém saiu ferido. “O caso serve de alerta para a população. Que deve fazer o descarte adequado do seu lixo. Assim evitaremos transtornos do tipo, como a fumaça prejudicando a visibilidade na via”, disse o sargento.

Para ele, o caso poderia ter sido pior se o fogo não tivesse sido logo controlado, podendo chegar a atingir os prédios e residências ao redor. “Esse tipo de incêndio tende a se espalhar muito rápido. A sorte é que a área era pequena e logo depois que a vegetação seca queima, o fogo tende a se apagar sozinho”, explicou o chefe da guarnição.

Para fazer o controle da situação, concluída por volta das 17h, seis agentes adentraram a vegetação para fazer o ‘abafamento’ do fogo. “Usamos água apenas para apagar focos maiores em entulhos próximos à via”, concluiu ele.

(Foto: Henrique Martins / Divulgação)