Célio Freitas, 42, funcionário de uma rede de supermercados da capital, foi preso, na tarde desta segunda-feira (08), suspeito de furtar materiais de limpeza e higiene pessoal do estoque do supermercado onde ele trabalha, localizado na Alameda Cosme Ferreira, zona leste da capital. O suspeito afirmou que não teve a intenção de furtar o material e que iria pagar pelos produtos.

Segundo o sargento Sérgio Melo, da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a equipe foi acionada por seguranças do supermercado que suspeitaram da ação de Célio. “Os seguranças suspeitaram do senhor e realizaram uma chamada ao grupamento. Chegando ao local, os policiais o encaminharam ao 11º DIP (Distrito Integrado de Polícia)”, disse.

Com o homem, foram apreendidas caixas de absorvente, creme dental, sabão em pó e detergente. À reportagem, o suspeito afirmou que não teve a intenção de praticar o furto e que iria pagar pelo material. “Eu peguei o material e iria esperar minha irmã trazer o dinheiro para pagar, mas eles não acreditaram e me trouxeram pra delegacia”, disse.

De acordo com policiais civis do 11º DIP, o homem será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá para a audiência de custódia. Ele foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Foto: Eraldo Lopes